Categorias

Últimos posts



A primeira pergunta que costumo responder sobre o atendimento odontológico infantil é:  

 - quando devo levar meu filho pela primeira vez ao dentista ? e a resposta é ... O quanto antes.

                                                                                                                                                 fonte:internet

Não deixe que a primeira consulta ao dentista do seu pequeno ocorra em um momento de dor e emergência. É comum os pais "deixarem para depois" pois esta tudo aparentemente bem, será muito mais difícil quando eles tiverem qualquer problema ou trauma dentário por exemplo e chegar ao atendimento inicial já com dor em um ambiente desconhecido.

Vamos entender como esse primeiro atendimento funciona e porque ele é tão importante?

A Consulta


Ressalto que a consulta inicial será conduzida de acordo com a idade e receptividade da criança, ela é dividida da seguinte forma:

  • Conversa e preenchimento da anamnese: É uma ficha onde deverá conter diversos dados sobre a saúde geral da criança, sobre hábitos de sucção (chupeta, dedo, mamadeira), alimentação, entre outras questões que auxiliará o profissional durante todo o acompanhamento e tratamento odontológico.

fonte:internet
  • Aconselhamento aos pais ou responsáveis e instrução de higiene oral: a higiene oral infantil pode ser realizada pelo responsável, pela criança porém com reforço ou supervisão de um adulto ou elas podem higienizar sozinhas será considerado a idade e coordenação motora desenvolvida pela criança para definir a melhor forma de abordagem. Esclarecer todas as dúvidas dos pais ou responsáveis.

  • Condicionamento pediátrico: Não será realizado nenhum procedimento que possa causar desconforto ou medo nesse primeiro contato. A criança terá a oportunidade de se habituar ao local de atendimento, com os sons, cheiros, cores. Conhecerá o profissional que ira acompanha-lo por vários anos, o vinculo é importante para dissolver possíveis medos, traumas de ambientes “brancos”, construir uma relação de confiança. O paciente infantil será recebido de forma acolhedora, o objetivo sempre será encantar os pequenos com recursos lúdicos e toda a atenção destinada a eles.

  • Avaliação Clinica: é uma inspeção visual onde se avalia a higiene bucal, possíveis problemas nos dentinhos, gengivas e outros tecidos moles como língua, verifica-se o posicionamento dentário e desenvolvimento dos ossos da face. Checamos algumas funções como sucção, respiração, deglutição, mastigação e fala.

  • Tratamentos Preventivos: Profilaxia dental (conhecida como limpeza) e aplicação tópica de Flúor (considera-se a idade do paciente).

  • Pedido de exames complementares como os radiográficos quando necessário.


                                                                                                                                               fonte:internet

Esta com a consulta infantil agendada? conte para a criança que ela irá conhecer uma pessoa especial que cuida dos dentinhos das crianças. Nós profissionais faremos o possível para lidar com a curiosidade dela e dissolver os medos, quando houver, afinal tem muita  criança corajosa e que fica muito feliz em ir visitar a tia dos dentes.
Ficou alguma dúvida? quer sugerir temas? comente ou envie a sua mensagem, ficarei feliz em ajudar.


0
Comentários
Compartilhe com os amigos
Blogger Widgets


Olá a todos! 

Esse post é uma conversa, porém não deixa de ser uma apresentação também, e como toda apresentação vamos começar pelo meu nome, idade, etc...

Impossível escrever esse post e não me lembrar do meu primeiro dia em escola nova, ainda criança era convidada pela professora a ficar de pé, tinha que enfrentar a sala toda pela primeira vez e iniciar a minha apresentação, era um momento que eu costumava ficar pink e quando as pessoas comentavam sobre a minha cor acabava alcançando um tom de pink mais alto ainda, isso é possível eu garanto rs.

Mas a idade chega, a internet ajuda e vamos perdendo a vergonha na cara não é mesmo? Hoje se eu falo que sou tímida, meus amigos certamente soltaram um sonoro: - Você???? ahã!

Meu nome é Caroline, todos me chamam de Carol, tenho 28 anos, ingressei na faculdade de odontologia em 2006, a profissão que escolhi desde pequeninha, sempre digo que crianças são descomplicadas e sabem das coisas, quando chegou a idade da maior decisão da minha vida eu tinha acabado de completar 17 anos, tive dúvidas, milhares delas, foram revistas e mais revistas de profissões, noites mal dormidas mas a vida me guiou e eu segui meu caminho. 

No inicio de 2006 estava sentada na sala de aula da Universidade Ibirapuera em São Paulo, olhando para a lousa em uma aula de fisiologia celular e pensando, eu vou ser dentista messssmoooo, estava nas nuvens. Foram 4 anos intenso de muito trabalho, aprendizado, crescimento e transformações.

Fonte:internet 


Em 2010 comemorava a chegada do meu CRO (Carteirinha do Conselho Regional de Odontologia), e já se foram sete anos desde a minha colação de grau, se eu for descrever aqui cada passo, cada curso, cada professor, pessoa e paciente importantes que passaram pela minha vida, sairia um livro, e dos grandes rs.

fonte:arquivo pessoal



A Odontopediatria em nosso país é reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) como a “especialidade que tem por objetivo o diagnóstico, a prevenção, o tratamento e o controle dos problemas de saúde bucal do bebê, da criança e do adolescente; a educação para a saúde bucal e a integração desses procedimentos com os dos outros profissionais da área da saúde ”. (ABO associação Brasileira de odontopediatria)

Fonte:internet

O meu primeiro contato com a especialidade se iniciou na faculdade, pois é uma disciplina obrigatória, durante a faculdade fiz estágio por 2 anos em uma clinica particular onde acompanhava e auxiliava a odontopediatra responsável em sua rotina diária, realizava projetos odontológicos em escolinhas infantis da região visando a prevenção e desconstruir o medo de dentista que diversas crianças possuem.

Quando me formei, iniciei os atendimentos infantis e adultos por alguns anos, fiz atualização e especialização em Endodontia (canal) pela APCD (Associação Paulista de Cirurgiãs-dentistas) e passei a focar meus atendimentos nessa área, atualmente curso especialização (pós-graduação) em odontopediatria e pretendo registrar tudo aqui no blog.
Blog? sim! Resolvi desenvolver um blog, primeiro porque gosto de escrever (mais ainda de falar hehe mas isso não vem ao caso), interagir e dividir. Escolher o tema foi fácil, Odontopediatria, por quê? por ser uma antiga paixão e acreditar que tenha pouca informação disponível e agrupada sobre o assunto. 
Frequentemente recebo dúvidas em redes sociais e na clinica diária sobre assuntos relacionados, espero abordar os diversos temas que envolvem a odontopediatria e ao universo infantil que é apaixonante.

Por hoje é só, Sejam todos bem vindos ao meu novo projeto!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *